Já feriram muito meu coração, hoje sei o quanto dói e aprendi a não ferir o de ninguém.
Dan.  (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
4 months ago · 20/12/2013 · reblog · 43,878 notes
Não venha me pedir desculpas se estiver com intenção de errar novamente. Perdoar demais, cansa.
Tati Bernardi  (via decifrandoavida)
4 months ago · 20/12/2013 · reblog · 1,941 notes
4 months ago · 20/12/2013 · reblog · 48,064 notes
A gente é certo um pro outro, mas é errado pra ficar junto. A gente não se merece, não combina. Mas, sei lá, não parece certo ficar separado. Do mesmo jeito que parece totalmente errado ficar junto. Tem tudo pra dar certo. Mas é que a gente só sabe fazer dar errado.
robin and stubb. (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
via sem-mais-sofrimento · originally prefixou
4 months ago · 20/12/2013 · reblog · 49,248 notes
Sorria, como se nunca tivesse chorado.
   Allan Soares. (via delator)
via madetolovec2 · originally linguagem
4 months ago · 20/12/2013 · reblog · 35,521 notes
4 months ago · 20/12/2013 · reblog · 107 notes
via sem-mais-sofrimento · originally palesttina
4 months ago · 20/12/2013 · reblog · 8,370 notes
O que é, afinal, uma amizade colorida? O que ela representa? Será que dá certo? O que é, afinal, ter um amigo colorido? São respostas teoricamente relativas mas que, no final, acabam chegando a um consenso. Vamos analisar por partes. Primeiramente, o que é um amigo? Caracteriza-se como realmente amigo aquele que está ao seu lado independente da situação, basicamente. O que está sempre disponível para te ver, seja pela companhia em uma tarde preguiçosa no meio da semana ou para uma balada no sábado a noite. Seja para te ouvir contar piadas sem graça ou para ser apenas um ombro num momento de tristeza. O que te manda mensagem no meio da madrugada e no dia seguinte te xinga por não ter respondido, mesmo que estivesse apenas dormindo.
Amigo não é o que te elogia vinte e quatro horas por dia, mas aquele que sabe o valor que você tem e diz isso para os outros, quando você não está presente. É a velha história do “amigo é aquele que fala mal na sua frente e te elogia pelas costas”.
Ok, mas e um amigo colorido? Qual a diferença de uma amizade “normal” e uma amizade rainbow?
Amigo colorido é aquele que se encaixa em todas as características de amigo e mais um pouco. É aquele em que você tem total liberdade pra ser o que você realmente é, em todos os sentidos. É o tipo de amigo no qual você confia plenamente e de olhos fechados a ponto de se entregar totalmente. É o que sabe mais de você do que você mesma, seja em relação a personalidade ou até mesmo em relação as suas preferências gastronômicas. É aquele que não só sabe das suas vontades como também as satisfaz, quaisquer que elas sejam.
O que colore a amizade é a inocência, é a pureza com a qual os envolvidos se relacionam. É a transparência invejável que há, transparência a qual até quem não conhece se encanta. A cor existe pela felicidade e bem estar que um proporciona ao outro só pelo fato de estar presente. Colore por mostrar que atrás de uns beijos aqui e outros ali, há uma cumplicidade e uma parceria que não se abala não importa o que aconteça.
É diferente de um namoro, o qual pode ser totalmente preto e branco. É diferente de uma simples amizade, a qual pode ter apenas uma cor.
É diferente por que junta o que há de melhor nos dois: o lado íntimo do namoro e o lado extrovertido da amizade se unem em uma só coisa, dando origem à melhor sensação que alguém pode sentir em toda a vida.
— Gabriella Rakanidis (n-pov)
via semlimite-s · originally new-pointofview
4 months ago · 20/12/2013 · reblog · 35 notes
Eu preciso de alguém que fique. Alguém que segure minha mão forte e diga “não vou soltá-la”. Alguém que esteja do meu lado e caminhe junto. Eu preciso de alguém que me abrace como se nunca mais fosse me soltar. Alguém que olhe nos meus olhos e diga “estou com você”. Eu preciso de alguém, alguém em quem eu possa confiar.
Daiane C. (Sonhos Desperdiçados)
4 months ago · 20/12/2013 · reblog · 1,037 notes
Eu quero casar com você, quero acordar do seu lado, quero brigar com você. Quero mandar você calar a boca mesmo sabendo que você não vai calar, e te calar beijando você. Quero provar todos os dias que eu te amo. Quero te fazer feliz, assim como você me faz. Quero morrer de cansaço ao correr atrás de você, depois de uma guerra de travesseiros. Quero dormir com você naquele sofá apertado depois de assistir o seu filme preferido. Quero morrer de rir ao ouvir você me contando uma piada, por mais sem graça que seja. Quero te acordar com vários beijos. Quero dizer que te amo. Eu apenas quero te fazer feliz, como ninguém nunca fez. E tem sido você, e vai continuar sendo você. Por tanto tempo eu quis, e então você chegou. E entenda que eu não quero mais o travesseiro como companhia… É você que eu quero abraçar a noite inteira. Sentir seu carinho durante o sono, olhar para você enquanto estiver dormindo. Dar beijos no seu rosto só para te despertar. E de manhã, te dar um belo “bom dia” para ficarmos o resto do dia nublado, deitados. Eu quero que você se sinta a pessoa mais feliz do mundo, a única capaz de ser pra mim um sonho em noite de insônia. E eu tô aqui, sabe? Pra conversar, brigar, rir, fazer loucuras. Não precisa me contar o que aconteceu ou porque você tá mal. Só me deixa tentar colocar um sorriso no seu rosto. Confesso que encontrei meu motivo pra sorrir. Encontrei alguém que eu queira dividir a minha cama, meu amor e minha vida. Encontrei alguém que aguentasse meu coração enjoativamente doce, e que suportasse meu humor incrivelmente amargo. Alguém que queira meu amor, mas que tenha minha amizade. Alguém que roube minha confiança e leve meu coração de brinde. Alguém que eu queira dormir de mãos dadas e acordar do lado. Alguém pra ser criança como eu. Alguém que tenha teu tempo todo meu e minha vida toda dele. Alguém que deixe o mundo pra me dar um beijo. Alguém que encontrasse o que procurou a vida toda, aqui dentro de mim. Alguém pra eu contar meu dia e alguém pra falar “te amo”. Alguém pra ser meu, de um jeito bem clichê. Alguém pra eu viver aquilo tudo que eu julgava besteira e que hoje é tudo que eu tenho. Eu quero você. Digo, repito, falo outras mil vezes. De trás para frente, de frente para trás. De canto, de lado, da maneira que for. Eu quero você. Que tenha clichê, ciúmes, malicia, sacanagem, egoísmo, afeto, loucuras, falhas, erros, acertos, perdões, beijos, abraços, pegação, sexo, amor, transa, filme juntinho, dormir de conchinha, mãos dadas, que tenha todas as coisas do mundo, mas que seja apenas entre eu e você.
Cazuza.     (via tabacos)
4 months ago · 18/12/2013 · reblog · 40,500 notes
Acordei e fui pra sala, você estava na cozinha comendo seu cereal favorito, me chamou até lá e eu olhei pra você. Você estava usando uma calça atravessada, uma camisa amassada e o cabelo despenteado. Mesmo assim, continuava a pessoa mais linda que eu já vi. Você pegou na minha mão e perguntou se eu sabia dançar, mas na melodia certa, aquela que acompanhava as batidas de seu coração, então encostei minha cabeça em seu peito e dançamos ali mesmo, era uma sincronia de nervosismo e paixão, seu coração batia exatamente no mesmo ritmo do meu, então você disse que estávamos conectados agora, que nossos corações bateriam juntos mas não longes um do outro. Os tempos mudaram e você foi embora rompendo suas promessas, nos afastamos, brigamos e ficamos nos se falar por um longo tempo, você já tinha outras pessoas então não precisava mais de minha companhia, estava bem diferente do primeiro dia em que te conheci, de longe se via não ser o mesmo, e eu? Eu estava ali, como sempre estive, o mesmo, sem tirar e nem por. Foi então que eu tive uma surpresa, você veio até mim, me olhou com tanto carinho e disse que ainda sentia as batidas do meu coração junto ao teu, que você havia se arrependido e que sentia minha falta mais do que tudo, que ainda via aquele menino quando olhava no fundo dos meus olhos, eu fiquei sem saber o que fazer ou o que dizer, a pessoa que eu mais amei me querendo de volta, parecia um sonho. Então, durante aquela nostalgia repentina, passou pela minha mente tudo o que aconteceu com a gente, tudo o que você me disse e o que eu sofri. Foi então que eu percebi, meio que tarde demais, que embora eu te amasse mais do que tudo, eu me amo. Embora você me fizesse bem, você também me fazia mal. Quem quis partir foi você! Eu tinha lhe dado todas as chances para ficar, mas ignorou todas e fez pouco caso. Então, olhei diretamente pra você, e mesmo com olhos cheios de lágrimas disse que eu era demais você. Levantei e sai andando como se não estivesse ali, e aquele foi o melhor dia da minha vida, quando finalmente acordei daquele pesadelo e decidi viver.
O Pequeno Bob. (via tabacos)
via sem-mais-sofrimento · originally repouse
4 months ago · 18/12/2013 · reblog · 690 notes
Alguns relacionamentos são como Tom & Jerry. Eles se provocam, se batem, se irritam, se odeiam, mas não podem viver um sem o outro.
— (via killlyaslf)
4 months ago · 18/12/2013 · reblog · 314 notes
4 months ago · 18/12/2013 · reblog · 1,174 notes
Faz o seguinte amor, fica comigo e eu fico com você. E deixa o resto procurar um alguém que não seja nós dois.
Gabriel Oliveira.   (via versificar)
via sem-mais-sofrimento · originally subtraido
4 months ago · 18/12/2013 · reblog · 11,927 notes

mulher é imprevisível, um dia ta sofrendo p crlh pelo homem e no outro quer mais é que ele se foda

via sem-mais-sofrimento · originally suapretinha
4 months ago · 18/12/2013 · reblog · 10,426 notes
Thais Mayumi
Imperfect Girl
theme por decepcionar; base por nbtr. alguns detalhes inspirados em noheartgirl e invisiblefor-u. créditos por affectingyou. não copie, obrigada.
passe o mouse